Duque de Caxias | RJ,





Nosso Projeto


A preocupação com os valores humanos e o desenvolvimento de uma educação com forte sentimento de cidadania, visando melhorar as condições de vida e o impacto direto da violência, fez com que o Corpo de Bombeiros Civil Voluntário - RJ ampliasse seus cursos para as crianças e adolescentes das comunidades do Município de Duque de Caxias e adjacências da Baixada Fluminense.

Os Juniores e Aspirantes - com faixa etária de 10 a 17 anos participam das atividades diárias, onde recebem orientações, treinamentos específicos, o que garante as estes jovens no mínimo três profissões.

Salientamos a importância dos valores humanos e educacionais, repassando ensinamentos para os alunos do projeto, com objetivo de prepará-los como agente participante da sociedade futura, ensinando técnicas de atendimento emergencial, prevenção e combate a incêndios, busca e salvamento entre outros. Sendo assim, fortalecemos o conceito de solidariedade que marca a atividade do bombeiro. As atividades de apoio sócio-educativo e cultural, para os alunos do projeto contribui com a formação social do indivíduo, através de uma abordagem essencialmente preventiva. Com atividades como esporte, lazer, cultura e treinamentos específicos das atividades de prevenção e defesa civil, enfatizamos principalmente tirar as crianças e os adolescentes das ruas, dos braços dos marginais.

Aqui trabalhamos para que as crianças e adolescentes desenvolvam sua humanidade, para inserção ativa na família, na sociedade e no mundo, como pessoa e como cidadão. Assim possibilitamos que desenvolvam suas competências e habilidades humanas e políticas, para que reconheçam sua identidade como sujeito de cultura. O aprender a pensar, o saber- fazer, o saber- conhecer e o saber conviver, são mecanismos fundamentais da competência humana. Aqui nós promovemos sonhos, projetos e metas de vida capazes de fortalecer a alma juvenil, promovemos a liberdade para aprender, favorecendo situações para que as crianças e adolescentes se descubram como sujeitos capazes, como protagonistas de suas histórias individuais e coletivas

A Escola funciona de segunda a sexta-feira em dois turnos, manhã e tarde cada turno com oito turmas com media de 25 alunos por turma o que viabiliza o ingresso de crianças e adolescentes de 10 a 17 anos de idade.